5 de dez de 2013

Juro que não!


Eu tenho pensamentos mais enrolados que os fios do meu fone de ouvido. Enrolados, exagerados e muito confusos. Meus pensamentos são tão enrolados quanto os meus sentimentos.
Mas ultimamente algumas coisas estão ficando bem claras pra mim. Quase tão claras quanto o brilho de um certo sorriso. Sentado ao meu lado, a gente conversa sobre tudo. Enquanto ele encontra semelhanças entre nós, eu prefiro me perder na cor dos olhos dele. Até porque eu já sei tudo sobre ele.
Ele passa a mão pelo cabelo e jura que não vai mais se apaixonar. Eu sorrio por fora, mas por dentro torço para que ele esteja errado. Espero que ele não tenha notado. Ele conta uma piada e eu finjo achar graça. Eu poderia rir de tudo o que ele fala, no fundo, só a presença dele já enche o ambiente de graça.
Eu poderia dizer que a cor favorita dele é vermelho, e que ele tem uma opinião sobre tudo, e não para de falar um minuto. O sorriso dele poderia iluminar o mundo. Ele tem o humor do pai e os olhos da mãe. Mas não me pergunte se eu gosto dele…
Ele repara tudo ao nosso redor, mas não percebe uma verdade que está há um tempo estampada na minha cara. Será que eu deveria dar uma dica? Ele não faz ideia disso, mas sempre que eu fecho os olhos imagino o rosto dele. Ele está dizendo que não deixa que ninguém o veja chorar, eu, por outro lado, tento não deixar que as pessoas vejam o quanto apaixonada começo a ficar.
Quando ele vai embora é que eu percebo o bem que ele me faz, como ele tira meu riso fácil e como eu gostaria de sentir esse turu-turu do meu coração pra sempre. Meu primeiro pensamento ao vê-lo sempre vai ser “meu deus, como ele é lindo!” E já virou rotina colocar um sorriso no rosto toda vez que eu o vejo e pedir a Deus por um milagre!
Ele provavelmente nunca te contou isso, mas ele adora cantar. Ele é daquele tipo de pessoa que pode ver através de tudo, menos do meu coração. Eu poderia te falar todas as coisas preferidas dele, e como o jeito dele sorrir acaba comigo. 



Mas se você perguntar se eu gosto dele… eu mentiria.

O autor é desconhecido, vasculhei o tumblr inteiro e não achei :( Mas, se foi você que escreveu esse texto, saiba que ele é muito lindo e que eu me identifiquei bastante *-*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Elogios e criticas (construtivas) serão sempre bem vindas. Responderei a todos!

Relacionados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...